O QUE É UM “LEQUE RESTRITO DE POSSIBILIDADES”, EM ASTROLOGIA?

As análises astrológicas não abordam necessariamente um fato em si, embora isso possa ocorrer com frequência. A leitura “cerca” uma determinada questão ou outra, mostrando o que converge para as situações vividas. Para entender melhor, vejam exemplos dessa faixa ou leque de possibilidades abaixo:

a) Uma pessoa tem um mapa que sugere forte tendência artística, mas ela não trabalha como artista visual ou dramática, nem música. Sua formação é Contabilidade e ela não atua noutro campo que não a administração financeira. Contudo, atua majoritariamente ou apenas no ramo das artes, administrando museus, casas de espetáculo, ateliês, indústria produtora de materiais artísticos e outros campos que convergem para artes. O mapa apresenta ambos os talentos, o artístico e o econômico/administrativo e pode-se manifestá-los em épocas diferentes ou simultaneamente, com um deles sendo um hobby ou uma especialização necessária aos negócios.

936169_307262446070805_363140650_nb) Outra pessoa tem grande capacidade diplomática, extraordinária habilidade de persuasão e mediação, mas não teve oportunidades, nasceu em família pobre, passou muitas necessidades e não pôde passar de seu emprego em um cartório como auxiliar de escritório. Entretanto, é o principal ou um dos principais membros atuantes em uma associação de moradores em uma comunidade, evitando que os conflitos mais acirrados ocorram ou promovendo a paz entre a população local e a polícia ou evitando que uma possível facção criminosa venha a criar maiores problemas aos moradores. Alguém com um mapa semelhante, noutra condição, poderia atuar na ONU ou com Relações Públicas. A mesma pessoa acima, trabalhando no mesmo cartório, pode ser o responsável pela maior parte dos documentos de acordos, casamentos e litígios da instituição em que trabalha.

c) Numa previsão astrológica, um único indicador para um período de alguns meses pode mostrar, simultaneamente, possibilidade de viagens a lazer ou negócios, ingresso em algum tipo de curso superior, reformulação no sistema de crença ou acréscimos de conhecimentos nele, passar a conhecer benfeitores que vêm de locais distantes, dentro ou fora do país, ficar entusiasmado com pequenas coisas e gestos. Não somente uma coisa ou outra, normalmente uma e outra ou uma e várias coisas dentro daquele leque de possibilidades do período indicado.

Certa ocasião, lá pelos meus distantes 22 ou 23 anos de idade, um cliente insistia comigo que nunca trabalhara com comida ou alimentação, ao dizer-lhe que ele teria sido muito bem remunerado nesse ramo anos antes. Ele retrucava com certa agressividade, dizendo que era arquiteto e que “nessa época eu fazia projetos de restaurantes”. “Nunca trabalhei com alimentação, meu filho!”.

Carlos Hollanda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s