Marte retrógrado e Cia. para Argentina e Brasil

Outra “astro-coincidência” que não pode ser só coincidência: durante a retrogradação de Marte, relembra-se em vários noticiários e documentários a trágica Guerra das Malvinas (Falklands, para os britânicos). Confirma-se uma vez mais um dos principais modos como atua a retrogradação de um planeta, dentro de seu leque restrito de probabiliades: trazer fatores que lhe correspondem de volta ao imaginário popular e às práticas sociais. Com Marte retrogradando, é menos provável que sejam relembrados os filmes de Charles Chaplin, por exemplo. Considerando as inúmeras variáveis, os eventos sincrônicos, no sentido de “retomar”, rever, refazer e relembrar, asseveram as questões traumáticas do passado argentino. No mapa astrológico do país, com Mercúrio, Marte e Saturno retrogradando, não é surpresa ver que Mercúrio retoma contato com o Plutão radical, que por sua vez encontra-se conjunto a Quíron. Falar a respeito de feridas do passado, tentar purgar os males, revê-los e tratá-los faz parte do processo. Entretanto, para alguns, pode ser um momento de, ao contrário, reabrir feridas falar dos mortos, queixar-se do sofrimento, o próprio e o alheio.

 

Para o Brasil, essas três retrogradações sincronizam-se com a reabertura dos questionamentos acerca da ditadura militar. A Organização dos Estados Americanos, OEA, chama a atenção para o caso Wladimir Herzog e seu suposto “suicídio” numa cela do DOI-Codi. Em 26 de março, com Mercúrio já em Peixes, mas ainda muito próximo do Plutão radical do Brasil, as autoridades do país foram notificadas pela organização, o que significa que a elaboração final do processo se deu durante a conjunção de Merc. Retr. com Plutão em zero de Áries. Em 5 de fevereiro de 2012, com Marte retrógrado em conjunção com o Mercúrio radical do Brasil, o fotógrafo Silvaldo Leung Vieira revelou ao jornal Folha de São Paulo que a foto com Herzog enforcado fora forjada. O absurdo de uma foto em que há óbvia “construção de cena” sendo revelado tantos anos depois, em circunstâncias históricas mais favoráveis e quando o Brasil se torna um foco de atenção para o mundo.

 

Abraços,

Carlos Hollanda

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s